SOBRE O FUNDO BIS

O Fundo BIS é uma iniciativa por um Brasil + Doador. Queremos promover a cultura de doação no país, apoiando iniciativas que criem um ambiente cada vez mais favorável e motivante para que todos os brasileiros e brasileiras tenham causas e sejam, com orgulho, doadores e doem cada vez mais. A iniciativa nasceu de um grupo de organizações da sociedade civil com reconhecida atuação no campo socioambiental que se uniram em prol dessa causa.

Em 2017 estamos lançando o nosso primeiro edital e esperamos que, a partir dele, possamos fazer o movimento crescer cada vez mais, bem como o volume de recursos financeiros doados no Brasil. Nesta fase inicial do Fundo BIS, a iniciativa está sendo incubada pelo GIFE (Grupo de Institutos, Fundações e Empresas).

Para estruturação do Fundo e realização deste edital, o Fundo BIS recebeu aportes do Instituto Arapyaú, do Instituto C&A, do ICE -Instituto de Cidadania Empresarial e do Instituto Cyrela.

GOVERNANÇA E TRANSPARÊNCIA

O Fundo BIS está organizado em 3 instâncias de governança:

Comitê Curador - é o órgão deliberativo do Fundo, responsável pela governança e gestão. Os membros do comitê curador são os embaixadores do Fundo BIS e zelam pela sua reputação perante a sociedade. O comitê está formado por pessoas voluntárias que participaram no processo de criação do fundo e são ativistas na causa da doação. Clique aqui para conhecer os integrantes do Comitê Curador do Fundo BIS.


Incubadora - GIFE
O GIFE é a associação dos investidores sociais do Brasil. Constituído em 1995, tornou-se referência no país no tema do investimento social privado. A incubadora oferece sua credibilidade para legitimar o Fundo perante a sociedade e disponibiliza sua estrutura contábil para receberos recursos financeiros. Dada a responsabilidade, a incubadora tem uma cadeira fixa no comitê curador.


Parceiro de Gestão - ponteAponte Empreendedorismo Socioambiental
A ponteAponte é uma agência de ativação de projetos em organizações de impacto, públicas e privadas, com e sem fins lucrativos. Contratado pelo comitê curador para um trabalho remunerado, o gestor é o braço de relacionamento e operação do Fundo BIS com as iniciativas apoiadas.


Prestação de Contas
Como um dos diferenciais do Fundo BIS, partimos dos princípios da confiança e do diálogo para avaliar a utilização dos recursos aportados ao longo da implementação das iniciativas. Para acompanhar os resultados do investimento, serão elaborados indicadores baseados em nossa Teoria de Mudança, e um relatório final que será elaborado por cada iniciativa apoiada.

DOADORES




Incubado por GIFE



Créditos: Renato Stockler

CULTURA DE DOAÇÃO

A cultura de doação no Brasil tem espaço para crescimento: enquanto nos Estados Unidos a doação representa 2% do PIB (Produto Interno Bruto) do país, aqui esse número representa apenas 0,23% do PIB nacional, segundo dados das pesquisas Doação Brasil (2015) e ‘Eficácia dos Investimentos Sociais’, da McKinsey (2008). É um reflexo do que assimilamos sobre nossa tradição filantrópica desde a época colonial. Ao nosso ver, é hora de refletirmos sobre questões importantes inerentes à cultura de doação neste momento para mudar este cenário.

Campanhas de incentivo à doação, dados sobre o papel das organizações da sociedade civil, um campo regulatório favorável, bem como mecanismos inovadores que favoreçam e facilitem a prática da doação, são fundamentais para fortalecer esse ambiente.

Indicamos alguns materiais para aprofundar sobre a temática e inspirar a sua iniciativa ou projeto:

• Pesquisa Cultura Doação Brasil
• Seleção de publicações sobre cultura de doação no Sinapse (biblioteca virtual do GIFE)
• COMUM - episódio sobre Ampliação da doação no investimento social privado

Créditos: Alexandre Chambon

EDITAL

Antes de realizar a sua inscrição é muito importante que você e todas as pessoas envolvidas na iniciativa proposta leiam atentamente o edital completo aqui, que inclui o regulamento desta seleção.


Em sua primeira edição, serão disponibilizados até R$ 280 mil para o financiamento dos projetos selecionados. Poderão ser apoiados iniciativas inéditas ou já existentes que apresentem foco central na promoção da cultura de doação em uma das quatro áreas de apoio do Fundo BIS:


1 - Inovação para promoção da cultura de doação – novas práticas e mecanismos para a promoção da doação;


2 - Campanhas de comunicação e produção de conteúdo de incentivo à cultura de doação – propostas que efetivem maior cobertura da mídia e novas narrativas incentivando e discutindo a cultura de doação e o papel das OSCs na sociedade contemporânea;


3 - Pesquisa, produção e disseminação de conhecimento – iniciativas que gerem e disseminem mais dados relevantes e conhecimento sobre o contexto de doação no Brasil;


4 - Advocacy e incidência – iniciativas que tornem o ambiente regulatório favorável para ampliar a cultura de doação.


CRITÉRIOS

As iniciativas inscritas serão avaliadas tendo como base os seguintes critérios:


REGULAMENTO

Etapas (Processo de Seleção)
Dentro do princípio de simplicidade, estruturamos todo o processo de seleção em três fases, ampliando o nível de engajamento, tempo investido e exposição do candidato progressivamente:


1ª fase - filtro conceitual
(estimativa de tempo: de 30 a 60 minutos)

Para se inscrever neste edital, basta preencher um formulário simples on line em nossa página, em que procuramos conhecer a iniciativa e de que forma ela tem aderência aos princípios e critérios aqui descritos. A inscrição inclui também um breve cadastro do proponente. Nesta etapa não será necessário o envio de nenhum documento formal. Documentos adicionais serão solicitados posteriormente somente às iniciativas pré-selecionadas.


2ª fase - formulário e documentos complementares
(estimativa de tempo: de 2h a 3h)

Nesta fase, o proponente será convidada(o) a preencher um formulário on line mais completo, em que poderá detalhar como sua iniciativa foi/será concebida, quais são seus principais diferenciais e que resultados alcançou/alcançará com ela, entre outras informações relevantes. O detalhamento orçamentário para implementar o projeto deverá ser informado nesta etapa.

Também poderá enviar um link de um vídeo curto (de até 3 minutos) e até cinco fotos que ajudem a explicar a proposta, além de documentos complementares que reforcem sua candidatura dentro dos critérios estabelecidos.

Em caso de necessidade, poderão ser realizadas entrevistas (prioritariamente por telefone ou Skype) de verificação e aprofundamento das informações fornecidas nesta etapa (estimativa de tempo: 1h a 2h)


3ª fase - seleção do Comitê Curador

O Comitê Curador é o grupo que fará a avaliação das iniciativas selecionadas pela ponteAponte na segunda fase e decidirá quais delas receberão os aportes deste primeiro edital do Fundo BIS. O GIFE, ainda que membro do Comitê Curador, não terá poder de voto na seleção das iniciativas, cabendo a esta organização apenas o apoio para que o processo avaliativo ocorra dentro dos prazos e seguindo os termos dispostos neste regulamento. Para apoiar o Comitê Curador, poderão ser convidados outros especialistas externos de diversos setores (acadêmico, empresarial, governamental e/ou da sociedade civil) para participar desta fase final, a depender do perfil de projetos selecionados.

Caberá ao Comitê Avaliador decidir sobre as iniciativas que receberão os aportes do Fundo BIS a partir da avaliação elaborado pelo gestor.

Todo o processo de seleção final será baseado nos critérios apresentados no regulamento.

CRONOGRAMA

O edital seguirá este cronograma, podendo ser alterado no decorrer de sua execução
(nesse caso, qualquer mudança será informada no site):

01/Ago
01/Set
22/Set
09/Out
Nov
15/Dez
2018

PARTICIPE

Antes de inscrever sua ideia, iniciativa ou projeto que contribua para que o Brasil seja um país cada vez mais doador, não se esqueça de ler o regulamento completo deste edital e esclarecer as suas dúvidas AQUI.




Clique aqui para baixar o modelo de formulário

DÚVIDAS FREQUENTES

Esta chamada tem como diferencial o apoio a uma causa no campo da cultura de doação e não necessariamente a organizações ou projetos institucionalizados. Assim, aceitaremos propostas tanto de pessoas físicas como jurídicas, coletivos e movimentos sociais, desde que tenham condições de atender os termos deste edital e as demandas de prestação de contas do Fundo. Nesta edição, daremos preferência a iniciativas que demonstrem capacidade de efetivar resultados de forma ágil e concreta, bem como àquelas que apresentarem inscrições de múltiplos atores, multissetoriais e/ou colaborativas.

FREQUENTES

As inscrições da primeira fase serão abertas no dia 1º de agosto (terça-feira) de 2017 e encerram-se às 18h (horário de Brasília) do dia 1º de setembro de 2017 (sexta-feira). Entre os dias 22 (sexta-feira) e 30 (sábado) de setembro de 2017 os proponentes serão avisados sobre o resultado da 1ª fase. O limite para o envio de informações da segunda fase para as iniciativas classificadas é o dia 9 de outubro de 2017 (segunda-feira). No mês de novembro será feita a avaliação pelo Comitê Curador e o resultado final das iniciativas selecionadas neste edital serão anunciadas no dia 15 de dezembro de 2017 através deste site: www.fundobis.org.br.

Créditos: Renato Stockler

FALE CONOSCO

Para dúvidas e sugestões, entre em contato pelo e-mail contato@fundobis.org.br ou utilize o formulário abaixo.